• Telefone:
  • contato@gestaopublicasustentavel.com.br
Juntos somos mais fortes

Quem Somos


O Grupo Gestão Pública Sustentável foi criado em 2015, como resultado da interação e motivação de diversos membros representativos das instituições públicas federais, estaduais e municipais, dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, do Tribunal de Contas da União, do Ministério Público Federal; da Advocacia Geral da União; e de acadêmicos de diversas universidades e instituições de ensino;
Imbuídos do espírito empreendedor e voluntário pelo propósito da sustentabilidade, transparência, consumo racional e conseqüente aperfeiçoamento contínuo da gestão pública brasileira.

  • Conceitos sustentabilidade

O Grupo Gestão Pública Sustentável visa promover a reflexão sobre o propósito e a responsabilidade das atividades públicas, com foco nos pilares da sustentabilidade: social,ambiental e econômico

Fomentar o aperfeiçoamento contínuo da gestão pública sustentável, de forma sistêmica, coletiva e colaborativa.

Ética Transparência Consumo racional Compromisso com a vida Responsabilidade socioambiental 3E (Ecoeficiência, efetividade e eficiência)

Nossa Trajetória

O GPS foi inicialmente criado pelos servidores Ketlin Feitosa do Superior Tribunal de Justiça – STJ, Ganem Amidem Neto, do Tribunal Superior Eleitoral – TSE e à época no Conselho Nacional de Justiça – CNJ, e Adriana Tostes do Tribunal de Justiça do Distrito Federal.

Imbuídos do espírito empreendedor público (sim, é possível!) e de forma voluntária, reuniram, por meio das mídias sociais, e de capacitações realizadas nos órgãos sobre a temática “Responsabilidade Socioambiental”, outros servidores de órgãos do Poder Judiciário, como Sinara (TER-PE), Denise (TST – AM), Ângela (RS), Teresa Vilac e Marcos Biancheris (AGU).

Entre os anos de 2012 até o momento, o GPS superou a marca de 330 membros (representantes de diversos Poderes e da Academia) que debatem temas e compartilham boas práticas e dúvidas, de norte a sul do País, diuturnamente, com o propósito da sustentabilidade.

Esta troca de informações gerou um banco de dados que pode ser multiplicado no fomento à pesquisa e benchmarking) neste portal.

Este portal pretende colaborar como um espaço para consultas, estudos, debates, troca de boas práticas e edição de artigos para a gestão do conhecimento, além do esclarecimento de dúvidas e desenvolvimento de ações concretas e de resultados econômicos, ambientais e sociais na gestão sustentável dos órgãos públicos.

As postagens nas mídias sociais do GPS (Whats app e Telegram) têm sido pauta de estudos acadêmicos e técnicos, para a edição de normativos, e trazem como resultado a disseminação em tempo real, e a gestão do conhecimento necessários ao desenvolvimento de políticas públicas voltadas ao desenvolvimento nacional sustentável, tema do Art. 3º da Lei 8666/1993.

O GPS tem autonomia técnica e administrativa, sem ônus aos participantes, e presta a assessoria informal e capacitações formais aos gestores das unidades socioambientais, e das comissões responsáveis pela implementação dos Planos de Logística Sustentável da Administração Pública.